LEVANTAMENTO DA PRODUÇÃO CIENTÍFICA SOBRE A MIGRAÇÃO SAZONAL NO VALE DO JEQUITINHONHA – MG

Autores

  • Gislene Alves Dias IFNMG - Campus Araçuaí
  • Fabiano Rosa Magalhães IFNMG - Campus Araçuaí

Palavras-chave:

Camponeses. Vale do Jequitinhonha. Migração sazonal.

Resumo

O presente trabalho consiste na apresentação de um estudo bibliográfico acerca da produção científica sobre a migração sazonal no Vale do Jequitinhonha, e os impactos causados em trabalhadores/as migrantes, buscando contemplar, especificamente, o contexto da modernização do trabalho ocorrida principalmente no setor agropecuário no contexto da fase de acumulação flexível do capitalismo. Desta forma, o estudo consiste numa revisão bibliográfica, contemplando diversas pesquisas que discutiram sobre os impactos da migração na região do Vale do Jequitinhonha. A hipótese do estudo é considerar a migração neste contexto no Vale do Jequitinhonha como resultado de vários problemas sociais, causados pela desigualdade social, expropriação de terras e precarização do trabalho como forma de manter a mão de obra desqualificada e barata disponível para esses serviços, que é essencial para a manutenção do capitalismo. Considera-se que as transformações ocorridas no processo de acumulação do capitalismo inserem os trabalhadores rurais no próprio processo de produção do capital, dentro da esteira da produção ampliada do capital. Desta forma, o que se espera é apresentar mudanças no perfil migratório a partir das próprias mudanças do capitalismo ao longo das décadas de migrações.

Publicado

2021-10-08